Derrota

01/01/2002

Eleições: ganhar e perder (Cid Pacheco e Marcelo Serpa, 2002)